Mapa Mental – Como Fazer Um Para Blog ou Projecto

intro : Mapa Mental – Como Fazer um

uma ferramenta fundamental para fazer a organização de um blog, uma aula, ou qualquer planeamento, é a utilização do mapa mental do blog. Com efeito um plano deste género permite-nos gerir de uma forma muito mais organizada, os vários itens que compõem o plano. Desta forma, podemos organizar no tempo a exposição de cada item em particular. Inegavelmente se soubermos uma forma de como fazer mapa mental do blog tudo fica mais claro, coerente ou organizado; a matéria de uma aula fica mais perceptível para a turma; num só relance, conseguimos compreender o conteúdo de um blog; e mesmo o autor tem muito mais controlo sobre o fluir da explicação.

existem muitos softwares que nos permitem realizar mapas mentais de forma prática, no computador. Talvez um dos mais conhecidos seja o “MindMeister”, mas posso deixar um pequena lista destes programas para poderem utilizar. P. ex. “Coogle It”, “MindNode”, “StormBoard”, há uma longa lista para os vários sistemas operativos, e que em grande parte, podem ser usados também de forma gratuita. No caso do vídeo em baixo que acompanha este post, utilizei o Draw Drawing do LibreOffice. No entanto os mapas mentais podem ser feitos apenas com papel e caneta, no Excell, Word, ou em qualquer editor de texto. Independentemente do programa que estamos a utilizar, é um excelente método para organizar uma actividade. Mais ainda, os mapas mentais ajudam-nos muito a ter mais ideias sobre o assunto ou actividade que estamos projectar.

ter ideias e inspiração : Como Fazer Mapa Mental do Blog

com efeito o mapa mental funciona como uma árvore. Temos o tronco comum, que é a ideia base ou o tema ou título do assunto. O tema divide-se em alguns ramos principais que são os pontos principais. Por sua vez estes últimos subdividem-se ainda mais uma e outra vez.
Ao registarmos os primeiros tópicos que já temos em mente, a base ou troncos da árvore, vão-se subdividindo cada vez mais. Desta forma ao chegarmos a um 3º ou 4º nível de ramos da árvore, temos uma grande quantidade de pontos ou ideias, ou assuntos para tratar: numa aula, num itinerário de uma viagem, ou num blog..

 

 

 


Como fazer backup ou cópia de segurança do WordPress Fácil e Grátis

INTRO :: Como fazer backup ou cópia de segurança do WordPress

uma das questões principais de um blog é a segurança. Em qualquer momento o nosso blog pode ter um problema e, de repente, desaparece, ficamos sem nada. Sim, de fato isso pode sempre acontecer!!! Como fazer backup ou cópia de segurança do WordPress, para, no caso de ser necessário, restaurar o blog e voltar a colocá-lo on-line na sua última e completa versão.

Segue neste pequeno artigo uma forma fácil e rápida para fazer a cópia integral do blog, utilizando o plugin “All-in-One WP Migration”. Vê este “vídeo 5 minutos” e segue os passos indicados. Aqui está uma forma simples de resolver um pequeno problema antes de se tornar uma dor de cabeça.

backup do WordPress :: plugin All-in-One WP Migration

  • 1 – Na zona de plugins clica em “ADICIONAR NOVO”
  • 2 – Coloca na pesquisa de pluguns “All-in-One WP Migration”
  • 3 – Clica em “INSTALAR AGORA”
  • 4 – Clica em “ACTIVAR”
  • O PLUGIN APARECE NA BARRA DA ESQUERDA COM AS OPÇÕES: “EXPORTAR”; “IMPORTAR” e “CÓPIA DE SEGURANÇA”

  • 5 – Clica em “EXPORTAR”
  • 6 – Clica em “EXOPRATAR PARA”
  • 7 – Escolhe a opção “FICHEIRO”
  • E aí está! O plugin vai realizar uma série de passos automaticamente, e uns minutos depois, aparece a opção “DOWNLOAD”

  • 8 – Clicar em “DOWNLOAD” e guardar o ficheiro numa pasta pronto a ser utilizado em caso de necessidade.
  • NO CASO DE MIGRAÇÕES ENTRE SERVIDORES – VER A VERSÃO DO PHP

    No caso de uma cópia de segurança apenas, em princípio não temos de nos preocupar muito com este aspecto. De facto serviços de hospedagem usam uma mesma versão do PHP durante algum tempo pelo menos. Quando fizermos a importação, em principio a versão do PHP (da exportação) vai ser igual ou parecida e compatível com a versão da importação.

    No entanto se estivermos a fazer uma migração do WordPress entre dois servidores devemos ver quais as versões do PHP de ambos os lados. Estas devem ser compatíveis. No entanto o próprio plugin gera avisos caso exista algum problema a este nível. Nesse caso devemos pesquisar nos serviços de hospedagem, e alterar as versões de um ou outro lado. Desse modo tornamos as duas plataformas compatíveis. Podemos então dar início ao processo…

     

    página do plugin: https://pt.wordpress.org/plugins/all-in-one-wp-migration/